Blog

28 maio

Gripe, resfriado, rinite ou Covid-19: como identificar cada uma delas

 

O nariz começa a escorrer e, lá fora, a temperatura também já anuncia: os dias frios chegaram. E o organismo é o primeiro a sentir os efeitos dessa mudança porque, junto com o inverno, vem também as infecções respiratórias. E, em meio a uma pandemia, fica difícil identificar o que o corpo está tentando dizer: é gripe, resfriado, rinite ou sintomas de Covid-19? 

A preocupação é inevitável. Se, antes, já era comum confundir as doenças de inverno, a incidência do coronavírus deixou todo mundo ainda mais inseguro.

Afinal, quais sintomas indicam que é Covid-19? Quando é preciso procurar um médico? Entenda, neste post, a diferença do coronavírus e cada uma das doenças respiratórias mais comuns.

As doenças respiratórias e a Covid-19

Até então, a infecção por uma doença respiratória não gerava grande preocupação, nem mesmo uma corrida ao médico. Por vezes, era comum até se curar sem, necessariamente, saber se era uma gripe ou um mero resfriado, por exemplo. 

Mas com a chegada da pandemia de Covid-19, essa realidade mudou e as dúvidas começaram. Dor no corpo significa coronavírus? E a dor de garganta pode ser só uma gripe? 

Veja as diferenças entre cada uma delas.

Gripe

A principal característica da gripe comum é o surgimento de sintomas repentinos, que aparecem de forma súbita e duram até duas semanas: a pessoa está bem e, de repente, já apresenta sintomas fortes. Essa é a principal característica desta infecção respiratória: os sintomas são intensos, duradouros e a febre é alta.

Os principais são: 

  • febre alta;
  • mal-estar;
  • tosse;
  • calafrios;
  • fadiga;
  • dores no corpo e nas articulações;
  • dor de cabeça;
  • dor de garganta.

A gripe é contagiosa e a transmissão ocorre pelo contato com as mãos infectadas ou por meio de espirros ou tosse.

Resfriado

No resfriado, os sintomas são mais brandos que os da gripe e começam de forma lenta. E com uma duração menor: de dois a quatro dias. Os primeiros sinais podem ser coceira no nariz e irritação na garganta, seguidos de tosse, congestão nasal, coriza, dor no corpo e dor de garganta leve. Nesses casos, a febre é menos comum e pode acontecer em temperaturas baixas. 

Rinite

A principal marca da rinite são os espirros em sequência. Isso acontece porque se trata de uma inflamação e irritação da mucosa nasal, provocando crises que podem se repetir a cada quatro ou seis horas. Ela possui várias causas e as principais são poeira e ácaros, por exemplo. Os sintomas mais comuns são:

  • espirros em sequência;
  • coceira no nariz, na garganta e nos olhos;
  • inchaço da mucosa com obstrução nasal;
  • coriza.


Covid-19

A Covid-19 pode ter origem em sintomas mais leves e semelhantes a um resfriado ou à rinite, o que costuma confundir até mesmo os profissionais de saúde. Em geral, a doença começa com febre e tosse seca e, ao fim de uma semana, pode provocar falta de ar. Embora os sintomas variem bastante, os mais comuns são:

  • tosse;
  • coriza;
  • diarreia;
  • febre;
  • cansaço extremo;
  • perda do olfato e do paladar;
  • dor de cabeça intensa;
  • dor de garganta;
  • dor abdominal e muscular.

A Covid-19 tem alto poder de disseminação e a transmissão acontece de uma pessoa doente para outra, geralmente pelas gotículas de saliva, espirro, objetos contaminados ou aperto de mão. Além disso, também há a possibilidade de reinfecção, que pode ser tão grave quanto a primeira.

A semelhança entre os sintomas das diferentes infecções respiratórias torna difícil fazer um diagnóstico rápido da Covid-19. Às vezes, somente a testagem pode indicar ou excluir a possibilidade da pessoa estar infectada com coronavírus. Portanto, se houver dúvida, é importante que a pessoa procure se isolar imediatamente e busque ajuda de um médico. 

A pandemia só será controlada quando pelo menos 80% da população estiver vacinada contra a Covid-19. Até lá, todo cuidado é pouco.

Imex Medical Group do Brasil. Todos os direitos reservados.