Blog

24 mar

Saiba como o exame de mamografia pode ser mais confortável


Um dos receios das mulheres é a dor na hora de fazer o exame de mamografia, devido a compressão da mama. Porém, mesmo assim, esta é a maneira mais eficiente para o diagnóstico precoce do câncer de mama. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que mulheres com idade acima de 40 anos devem fazer o exame periodicamente uma vez ao ano como prevenção da doença. De acordo com uma pesquisa sueca, divulgada pela Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), a mamografia ajuda a reduzir em até 60% a taxa de mortalidade entre pacientes com 10 anos após o diagnóstico. Por isso, a relevância de realizar o exame. 

Primeiro de tudo, é importante destacar que a dor é passageira e ela ocorre  somente durante o momento em que mama está comprimida para a realização da imagem. Também é importante verificar  com o médico se é possível fazer outros pré-exames que possam identificar problemas antes de realizar a mamografia. Outra recomendação é conferir se a clínica/hospital onde será feito o exame segue os padrões de qualidade e confiabilidade exigidos pela Sociedade Brasileira de Radiologia (SBR), ANVISA e Vigilância Sanitária.

A compressão das mamas realmente pode ser desconfortável, mas há algumas tecnologias que ajudam a tornar o procedimento menos doloroso. Além disso, as pacientes também podem tomar alguns cuidados antes do exame e diminuir o desconforto. 

Tecnologia mais precisa

Equipamentos criados com tecnologia para melhorar a experiência sensorial das pacientes já são realidade no mercado. Pensando nessa necessidade, a Hologic desenvolveu o sistema de Estabilização Mamária SmartCurve, que garante os melhores resultados, sem distorções ou perda de qualidade na imagem. O sistema foi clinicamente testado e 97% das pacientes que fizeram os exames recomendam clínicas que usam o software. Além disso, 93% delas afirmam terem sentido uma redução drástica no nível de dor durante a realização da mamografia com o SmartCurve.

Para garantir mais conforto durante o exame, a superfície do SmartCurve tem uma superfície de compressão curva que reflete o formato da mama da mulher. Uma nova tecnologia de software aliada a esse novo formato do compressor, permite a realização das imagens sem o aumento da dose de radiação ou perda de qualidade de imagem. Além disso, uma almofada para acomodar a mama, chamado MammoPad  pode ser usada para dar mais conforto para a paciente durante a compressão e promover maior captura de tecido mamário. São cuidados que fazem a diferença.

Outras dicas para pacientes

Antes de realizar os exames, especialistas sugerem também que as mulheres tomem alguns cuidados para diminuir o desconforto. Caso a paciente tenha próteses mamárias, deve avisar o médico que poderá ajudar indicando uma melhor posição na hora de fazer o exame, por exemplo. 

Alguns alimentos e bebidas podem ser evitados. É recomendável que a mulher não consuma produtos com cafeína uma semana antes do exame. Essa substância pode aumentar a sensibilidade das mamas. 

Outra dica é tentar manter-se relaxada durante o exame e seguir as orientações do médico de qual é a melhor posição para evitar a dor. Isso evitará que o exame sofra alguma interferência e seja necessário refazê-lo. 

Realizar uma ultrassonografia antes do exame de mamografia também é uma recomendação. Contribuirá para identificar possíveis cistos, por exemplo. A prevenção é o melhor remédio em todos os casos.