Blog

08 jun

Saiba quais itens de EPIs são fundamentais em hospitais

 

Os equipamentos individuais de proteção, ou EPIs, são materiais de uso obrigatório no ambiente hospitalar. Esses acessórios e instrumentos garantem a segurança dos profissionais de saúde e também dos pacientes. Quando utilizados de forma correta, evitam o contágio de infecções e doenças além de protegerem de substâncias químicas e radiação, por exemplo. 

Uma das orientações para quem busca otimizar seu hospital ou clínica é oferecer EPIs de qualidade à equipe, além de treiná-la para o uso adequado dos materiais. O respeito às normas de órgãos reguladores, como Anvisa e Ministérios da Saúde e do Trabalho e Emprego, é levado em conta pelos pacientes ao buscarem atendimento. Além disso, faz parte de uma boa gestão se preocupar com a segurança dos profissionais e garantir que eles tenham condições adequadas de trabalho. Por isso, todo o cuidado é imprescindível no ambiente hospitalar.

Cada equipamento individual de proteção deve ser armazenado conforme as orientações do fabricante e substituídos se sofrer qualquer tipo de dano, como rasgos ou rachaduras.  O tipo de EPI é vinculado à atividade a ser desenvolvida pelo profissional, desta forma, há diferentes formas de uso.

Tipos de EPI 

Máscaras

Durante a pandemia da covid-19, esta EPI se tornou essencial não só em ambientes hospitalares como em locais de concentração de pessoas. Porém, no atendimento médico, essas máscaras devem seguir as determinações da Anvisa. Neste caso, há três tipos principais: máscaras com filtro químico, indicada para profissionais que manipulam substâncias tóxicas; máscara N95, que é aquela utilizada para evitar doenças transmitidas pelo ar, como a causada pelo novo coronavírus; e máscara cirúrgica, usada para proteger a mucosa oronasal do médico em procedimentos cirúrgicos.

Luva

A luva é uma constante no ambiente hospitalar, especialmente quando há manipulação de sangue e o contato com pacientes que sofrem de alguma doença contagiosa. Feitas de borracha e com cobertura até o antebraço, elas protegem os profissionais também de materiais químicos.

Avental

Deve ser de material impermeável e utilizado apenas no ambiente em que for destinado como, por exemplo, sala de cirurgia ou de exames. Ele protege a roupa e a pele do profissional de doenças e materiais tóxicos. Deve ser de manga longa e cobrir a maior parte do corpo de médicos e enfermeiros.

Óculos de acrílico

Utilizado para proteger a mucosa ocular sem obstruir a visão do profissional . Além disso, deve ter proteção lateral e ter um dispositivo para evitar que embace. 

Protetor facial de acrílico

Este EPI é usado para proteger toda a face do profissional. Ele deve ter uma proteção lateral e é utilizado na limpeza de instrumentos ou em caso de doenças de alto contágio, como a covid-19.

Bota impermeável

Os profissionais devem vesti-las em em locais úmidas ou onde há risco de contato com material infectante, especialmente em centros cirúrgicos e áreas de necrópsia, por exemplo.

Touca

Protege cabelos e couro cabeludo à matéria orgânica ou produtos químicos. Esta EPI também deve ser usada em procedimentos cirúrgicos e exames onde há risco de contaminação. 

  • Televendas 0300 789 3771
  • SAC 0800 709 3771
  • Rua das Embaúbas, 601 - Fazenda Santo Antônio
    São José - SC - CEP 88104-561