Blog

13 jan

Segundo em faturamento no mercado pet, Brasil avança em tecnologia para veterinária

 

O Brasil possui 139,3 milhões de animais de estimação. Em 2019, o país alcançou a posição de segundo maior mercado do segmento, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Os números são do Instituto Pet Brasil (IPB). Além de uma série de produtos, o mercado ganhou investimentos em tecnologia para a medicina veterinária. A Imex Medical Group, por exemplo, tem se preocupado em buscar o que há de mais inovador nos exames de imagem da linha veterinária com uma linha de aparelhos de radiologia e tomografia. 

Tanto que a Imex acaba de lançar no Brasil a Tomografia Computadorizada Imagine One 16CT. Com 16 canais, este novo equipamento combina alta tecnologia ao melhor custo-benefício. 

Além da qualidade da imagem, o aparelho de tomografia é capaz de realizar 32 cortes em tempos de scan abaixo de um segundo, o que significa agilidade. É ideal para clínicas e hospitais veterinários de qualquer porte. Outra vantagem é que a mesa consegue suportar até 205 kg. 

Linha completa de produtos para tomografia e radiologia pet

Além do lançamento, a Imex Medical Group oferece uma série de equipamentos para diagnósticos em imagem para pets:

Equipamento de radiologia CR VitaFlex. Compacto e flexível, é considerado uma evolução da radiologia computadorizada para o segmento veterinário. É o único no mercado que permite a instalação no modo horizontal ou vertical. Ou seja, adapta-se facilmente a espaços reduzidos e é fácil de ser transportado. 

Arco Cirúrgico 8000 BR que tem entre os benefícios a mobilidade, além de ser fácil de usar para animais de grande porte. 

Ultrassom Portátil eCube i7 e Ultrassom eCube 5, que geram imagens de alta qualidade se adaptando às necessidades das clínicas e hospitais veterinários. O primeiro é adequado para animais de pequeno porte enquanto o segundo é adaptável a diferentes portes. 

Sistema de Ressonância Magnética de Campo Aberto – Airis II, desenvolvido com tecnologia que elimina o impacto que o corpo do animal pode causar no campo magnético, garantindo uma imagem mais nítida. 

Raios-X Digital: Raios-X de fácil operação aliado à ergonomia funcional do equipamento. Fluxo de trabalho simplificado e intuitivo, eficiente transferência de dados, comunicação DICOM 3.0, entre outros recursos que auxiliam em sua rotina de exames.

–  Detector Digital – Converta seu raios-x analógico para digital. Detector Flat Panel de campo total com conexão sem fio adaptável aos equipamentos de raios-X analógicos fixos e/ou portáteis, sem necessidade de adaptação e/ou alteração dos mesmos, tanto na mesa como n o bucky mural.